Agricultura 

Pesquisa mostra confiança nos produtos de pequenos agricultores

Publicado em 18/06/2018 - 10:37 Por Globo Rural  - Redação amigosdecambara.

 

Levantamento do Sebrae aponta ainda que mercadorias de agricultores de menor porte teriam maior preferência dos consumidores

Os legumes e as verduras são os produtos artesanais mais comercializados no Brasil. Depois aparecem laticínios, frutas e carnes. É o que mostra uma pesquisa feita pelo Sebrae para avalia a imagem dos pequenos negócios rurais no Brasil. O trabalho, feito via internet com 1.133 pessoas, indica ainda que confiança é fator determinante o consumidor comprar dos pequenos produtores rurais.

 

estandes_pavilhao.jpg

“A confiança na qualidade dos produtos dos pequenos produtores artesanais chega a 8 (nota 0 a 10), enquanto o mesmo índice fica em 5,9 nos produtos advindos de grandes negócios rurais. Na mesma linha, 63% das pessoas ouvidas relataram que dariam preferência por consumir um produto de uma grande marca presente no mercado, mas que tenha sido produzido por um pequeno produtor rural”, diz o Sebrae, em comunicado.

 

Nesta semana, o presidente Michel Temer sancionou a lei que regulamenta a comercialização de produtor artesanais. Foi criado o selo ARTE, a ser concedido por órgãos de saúde pública dos estados. A inclusão do selo depende de regulamentações locais de produtos artesanais, o que envolve também ações de fiscalização pelas autoridades sanitárias.

 

“Os pequenos produtores se fortalecem e os órgãos de fiscalização se mantêm mais próximos, facilitando a comercialização de produtos de qualidade, que observam as normas sanitárias”, explica a diretora técnica no exercício da presidência do Sebrae, Heloisa Menezes, de acordo com o divulgado pela entidade.

Ainda no comunicado, o Sebrae destaca que a nova legislação vai ao encontro de diretrizes do movimento “Eu Apoio Produto Artesanal”, de estímulo à demanda por esse tipo de produto. Entre essas diretrizes, estão redução da burocracia e transparência, racionalização e simplificação dos procedimentos de regularização.